Blog

QUAIS SÃO OS TIPOS DE PLÁSTICO?

Existem sete tipos de plástico que auxiliam no processo de reciclagem. Saiba como identifica-los.

O plástico é considerado uma das mais importantes invenções da humanidade, sendo matéria-prima de diversos produtos utilizados no cotidiano, como escovas de dente, lixeiras, utensílios de cozinha, brinquedos, entre outros.

A sua utilização em diversos produtos se dá a fator como a sua alta durabilidade, baixo consumo de energia e a facilidade de transporte e processamento.

Além disso, os plásticos podem ser recicláveis ou não recicláveis a altas temperaturas, e são categorizados em sete tipos diferentes, que tem a função de alertar os consumidores sobre o descarte correta e orientar sobre a separação adequada de cada material.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE PLÁSTICO?

Os plásticos são divididos em dois grupos, de acordo com as suas características de fusão ou derretimento:

Termoplásticos (podem ser reciclados) e termorrígidos (não derretem quando aquecidos, portanto, não podem ser reciclados).

Termoplásticos

Os termoplásticos são tipos de plásticos que podem ser reprocessados diversas vezes, pois quando aquecidos amolecem e são remoldados. São termoplásticos: Polietileno de Baixa Densidade (PEBD), Polietileno de Alta Densidade (PEAD), Policloreto de Vinila (PVC), Poliestireno (PS), Polipropileno (PP), Politereftalato de Etileno (PET), Poliamida (PA), Poli metacrilato de metila (PMMA) entre outros.

 

Termorrígidos

Os termorrígidos, que representam cerca de 20% do total consumido no país, são plásticos que uma vez moldados e transformados, não podem mais sofrer novos ciclos de processamento, pois acabam não fundido, o que impede nova moldagem. São termorrígidos: Baquelite, Poliuretanos (PU) e Poliacetato de Etileno Vinil (EVA), Resina Fenólica e Poliésteres.

COMO IDENTIFICAR OS TIPOS DE PLÁSTICO?

Para os consumidores saberem de qual tipo de plástico é feito o produto que estão adquirindo, há um padrão utilizado pelas fábricas. No Brasil, a norma técnica do plástico (NBR 13.230:2008) foi concebida de acordo com critérios internacionais.

A numeração separa o material em seis diferentes tipos de plásticos (PET, PEAD, PVC, PEBD, PP, PS) e ainda há uma sétima opção (outros), normalmente empregada para os produtos fabricados com uma combinação de diversas resinas e materiais.

Confira a abaixo a classificação:

1 – PET (Politereftalato de Etileno)

Um dos tipos de plástico mais populares por ser transparente, ‘inquebrável’, maleável, impermeável e leve. Normalmente compõe frascos e garrafas para uso alimentício e hospitalar, cosméticos, filmes para áudio e vídeo e fibras têxteis.

2 – PEAD (Polietileno de Alta Densidade)

Conhecido por sua alta resistência, o polietileno de alta densidade suporta baixas temperaturas, leve, impermeável, rígido e com resistência química. Está presente em embalagens de detergente e óleos automotivos, sacolas de supermercados, embalagens de produtos de limpeza, tubulação de esgoto, tampas, tambores para tintas, entre outros.

3 – PVC (Policloreto de vinil)

É muito utilizado por ser rígido, transparente (se desejável), impermeável, resistente à altas temperaturas e inquebrável. Muito encontrado em embalagens para água mineral, maioneses, sucos, perfis para janelas, tubulações de água e esgoto, mangueiras, embalagens para remédios, brinquedos, bolsas de sangue, material hospitalar, entre outros.

4 – PEBD (Polietileno de Baixa Densidade)

Plástico flexível, leve, transparente e impermeável. Está presente em sacolas para supermercado, filmes para embalar leite e outros alimentos; sacaria industrial; filmes para fraldas descartáveis; bolsa para soro medicinal; sacos de lixo, entre outros.

5 – PP (Polipropileno)

Plástico muito resistente a mudanças de temperatura. Utilizados em Caixas industriais, Lixeiras, Lixeiras para Coleta Seletiva, Pallets de Plástico, tubos para água quente, fios e cabos, frascos, caixas de bebidas, autopeças, potes, seringas descartáveis, utilidades domésticas, etc.

6 – PS (Poliestireno)

O poliestireno possui características como leveza, capacidade de isolamento térmico, baixo custo, flexibilidade, e a maleabilidade sob a ação do calor, que o deixa em forma líquida ou pastosa. Muito utilizado em potes para iogurtes, sorvetes, doces, frascos, geladeiras (parte interna da porta), pratos, tampas, copos descartáveis, aparelhos de barbear descartáveis e brinquedos.

7 – Outros

Neste grupo estão classificados os outros tipos de plásticos, como ABS/SAN, EVA, PA, etc. Normalmente são encontrados em peças técnicas e de engenharia, solados de calçados, material esportivo, peças de computadores e telefones, entre outros. Quando misturados podem ser aproveitados em madeira plástica e na reciclagem energética.

  •  
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

DESEJA FAZER ALGUMA COTAÇÃO, TIRAR DÚVIDAS OU FALAR COM NOSSA EQUIPE?

Deixe seu telefone que ligamos para você.

× Chat WhatsApp